BIOLOGIA DO PERCEVEJO DE CAMA

         

         

 

 

 

 

 

 

          Apesar de não transmitirem doenças para o homem, os percevejos causam grande desconforto. As picadas podem causar prurido, inchaço e inflamação, levando à irritação da pele e até a uma infecção. Com o passar do tempo, a exposição constante à saliva injetada durante a sua alimentação pode resultar em uma reação alérgica a picadas em pessoas mais sensíveis.

Características

  • São pequenos (4 a 7 mm) de corpo achatado e oval;

  • São ápteros (não voam);

  • Cor marrom escuro quando adultos e castanho claro quando jovens;

  • Sua probóscita tem 3 canículas por onde injetam anticoagulante e anestésico e suga sangue.

  • Ovo (são aderentes)‏;

  • Cinco estágios ninfais;

  • Após fecundadas, as fêmeas em 3 dias estão colocando ovos;

  • Podem ter duas a três gerações no ano;

  • O ciclo pode se completar em 1 mês em condições ideais de temperatura e umidade;

  • As fêmeas põem 1 a 2 ovos por dia, podendo chegar de 100 a 200 ovos, dependendo da alimentação temperatura e número de cópulas.

CICLO DE VIDA DOS PERCEVEJOS DE CAMA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fatores de Resistência

  • Podem ficar de seis a doze meses sem se alimentar;

  • Possuem hábito noturno;

  • Possuem grande mobilidade;

  • Os ovos são postos em seus abrigos (frestas e fendas);

  • Sua temperatura ideal é entre 20 e 28ºC, mas se adaptam a maiores e menores temperaturas;

  • Abrigam-se bem próximo à fonte de alimento;

  • Os ovos podem ser fonte de alimento;

  • Sofrem transporte passivo por bagagens, roupas e mobílias.

Habitat

  • Armações de cama: se foi encontrado percevejo no colchão as chances de encontrar inseto nesse local são de 99%;

  • Colhões: local extremamente favorável para incidência de percevejo;

  • Estrabo da cama: junto com o colchão é um potencial esconderijo de “bed bugs”;

  • Travesseiros: média infestação de “bed bugs”;

  • Fendas em paredes e pisos: pode encontrar apenas quando há altos níveis de infestação

  • Carpetes: baixa incidência de percevejos de cama;

  • Cortinas: nesse local pode haver baixa ou nenhuma incidência de percevejo de cama;

  • Gavetas: se for criado mudo, as chances de encontrar são tão grandes quanto o colchão e estrabo.

          Sendo assim, o percevejo de cama permanece nesses esconderijos durante o período de inatividade alimentar, durante o dia, emergindo a noite para se alimentar.

          Apesar de não serem comprovadamente vetores de patógenos e transmissores de doenças, as picadas dos percevejos de cama podem causar reações com gravidade variada em pessoas sensíveis. As picadas dos percevejos de cama causam grande incômodo podendo desencadear quadros emocionais, como insônia e ansiedade. 

Medidas de Controle - Desinsetização (Dedetização)

  • Tratamento Térmico Localizado;

  • Micropulverização;

  • Nebulização.

          Os percevejos de cama são hemípteros hematófagos (sugadores de sangue) pertencentes à família Cimicidae, é um parasita que se alimenta de sangue, uma fêmea é capaz de botar até 540 ovos durante sua vida, que é mais de um ano.  O ciclo evolutivo passa por essas fases: ovo-eclosão-ninfa. O período de incubação dura cerca de dez dias; o ciclo demora cerca de três meses do primeiro estágio de ninfa até ficar adulto em ambiente de 23ºC em média.

RESPEITO, COMPROMETIMENTO E TRANSPARÊNCIA 

É  NOSSO MELHOR ATENDIMENTO!